segunda-feira, 30 de agosto de 2010

INSÂNIA


Para conversar sobre projetos, na maior das ironias. Deixar as pastas se abrirem e se juntar aos loucos. A loucura desejada pela mesmice de cada um dos seus dias. Marcas ainda recentes e as ideias vêm e voltam e mudam e (re)voltam. Projetos tantos que já ficaram esquecidos, no fundo da gaveta, no porta-retrato, na agonia diária de frustração e melancolia extrema.

Faça o que vem do coração. A essência está na simplicidade. Esses projetos, rascunhos cobertos de linhas tortas, devaneios saltitantes pelas ruas da imaginação. Entreabertas as suas pastas, entre aspas, entre quatro paredes. Entre e fique. Entre e deixe entrar. Loucura tremendo por dentro, querendo sair, expandir pra fora do peito pra sair da linha, deixar de lado seus incansáveis pretextos.

Aquela história do “nada acontece ao acaso”. Aquela pessoa que te esbarra na rua, de repente era para dizer algo especial no seu dia. Aquele 'bom dia' que você fica ensaiando toda manhã quando sai na rua seria poesia pra loucura chegar. E na varanda de casa, saia e deixe o sol penetrar na sua pele, sinta os raios da luz, que a loucura vem mais à frente. Deite na cama, corra bem longe, abra um sorriso e ria, ria, ria... ria até doer a barriga. A loucura chega sem pressa pra fazer festa, gargalhando sem parar.

Não é alucinação, não venha com essa história, que a loucura foge sem você perceber. Não venha dar opinião sem pedido, porque se a loucura foge, você vai ver. Encontrar a loucura todo dia é uma dádiva das forças naturais mais puras. Ah, mas deve ser difícil demais viver na sanidade desses dias o tempo todo.

7 comentários:

  1. bellissimo texto
    muito bem escrito
    prbns e sucesso .

    ResponderExcluir
  2. A loucura nada mais é do que o ser humano aceitando do jeito que é.
    Bonito texto...

    ResponderExcluir
  3. adorei seu texto, mas o que mais me chamou a atençao em ler isto foi pela coincidencia do seu texto com o meu momento. até 2 semanas atras eu era coordenador de projetos de uma empresa renomada do rio. desisti. escritório, ar condicionado, gente falsa, tudo aquilo estava me matando.
    estou de ferias até redefinir o rumo. sem projetos agora.

    abraço

    ResponderExcluir
  4. Adorei o seu texto! Muito bem escrito, Samira :D

    []'s

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post,está de parabens !
    Estou ajudando uma amiga minha com a divulgação do blog dela, ficarei grata se puder seguir e comentar !
    http://gihcamp.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Muito bom o texto, bem escrito. A loucura é a pura e verdadeira excencia do ser humano

    ResponderExcluir
  7. É gostei muito de sua postagem ja visitei o seu blogger tem coisa muito intereçante..

    visite o meu também e seja minha parceira sigo vc na mesma hora !!!!

    http://cliques-diversos.blogspot.com.br


    HEHEII ESTOU TE SEGINDO BJOS XAW XAW

    ResponderExcluir